Comunicação e criança

Acontece hoje no Plenário da Câmara dos deputados em Brasília a votação do PL 5.921/2001 que visa regular e proibir a publicidade destinada a crianças. A princípio o projeto seria votado no último dia 23, mas o pedido de vista dos deputados Capitão Assumção (PSB-ES) e José Guimarães do (PT-CE) adiou a discussão para que propostas de acordo fossem firmadas.

Por que regular (de forma efetiva) e proibir a publicidade infantil é preciso?

O aumento da obesidade, a pedofilia – a medida que aumenta a erotização infantil o índice de casos de pedofilia aumenta com escalas geométricas - , o consumo precoce de álcool , tabaco e drogas além do consumismo exacerbado têm levado centenas de pesquisadores a pedir de forma mais efetiva aos governos o controle da publicidade infantil e até mesmo sua extinção. Segue abaixo um vídeo sobre o que o Conselho Federal de Psicologia pensa a respeito:





3 comentários:

Marcos Lula disse...

Muito Bom! Saudações!

Marceli disse...

Adorei seu blog, parabéns pelo trabalho realizado.

Beijos,

Marceli
http://dicadelivro.com.br/

Eliane F.C.Lima disse...

Nada que tente influenciar uma criança pode ser permitido, independente de ser uma propaganda séria ou não. Responsáveis pelo encaminhamento de uma vida em formação são seus pais e a escola escolhida por eles, através de seus critérios.
Eliane F.C.Lima (Blogues "Poema Vivo", "Literatura em vida 2" e "Conto-gotas).

Postar um comentário